Atividade interdisciplinar inspira alunos do Colégio UNITAU para a Feira de ciências

Publicação 19/10/2021

O projeto consiste em montar uma placa a partir de conceitos já aprendidos em sala de aula sobre os circuitos e seus componentes

A Escola de Aplicação Dr. Alfredo José Balbi, da Universidade de Taubaté (UNITAU), trouxe, na sexta-feira (15), uma atividade para estimular o interesse dos alunos com a produção científica e a participação na próxima Feira de ciências do Colégio. A atividade foi realizada com os alunos do fundamental II. Nela foi desenvolvida uma árvore de natal com o uso de LED´s.

O projeto consiste em montar uma placa a partir de conceitos já aprendidos em sala de aula sobre os circuitos e seus componentes. “Primeiramente eles aprendem a teoria e, depois, fazem uma simulação virtual e uma prática, montando a placa e iniciando o processo de soldagem. Quando eles praticam, aprendem com os erros e por meio dos testes. O circuito não irá funcionar quando ligarem errado, ou de forma invertida, e quando queimarem os componentes”, explica o professor Clayton Koba, docente nos cursos técnicos em mecatrônica e eletrônica, responsável pela atividade.

A ação promoveu a interdisciplinaridade entre os cursos técnicos e as disciplinas de artes visuais. A aluna Manoela Moraes, do 9º ano, conta que se sentiu motivada com a atividade. “Como eu sou artista, gosto muito de experimentar vários tipos de arte. Adorei aprender e mexer com LED e tecnologia. Ficamos sabendo da Feira de ciências por esse projeto e espero que eu me saia bem. As expectativas estão muito altas”.

Propostas como essa despertam a atenção dos alunos, que logo entrarão em contato com produções acadêmicas e científicas, o que poderá motivá-los a novas descobertas. Paola Moura, estudante do 9º ano do Colégio, foi movida pela curiosidade e explica o porquê do interesse pela ação. “Gostaria de aprender um pouco sobre eletrônica e minha amiga ia participar, então eu achei bem legal”, conta.

O projeto é uma preparação para a Feira de ciências, que ocorre nos dias 26 e 27 de outubro, em dois períodos, pela manhã e pela tarde. A árvore de natal constituída por LEDs é uma atividade extracurricular a que os alunos poderão se dedicar até o final do ano.

Giovana Vasconcelos
ACOM/UNITAU