É possível descansar e aprender

Publicação 18/06/2019

Já se sabe que o cérebro não é um músculo, mas isso não quer dizer que não precisa ser exercitado

A língua estrangeira deixou de ser um diferencial e hoje em dia é essencial, como explica a Ma. Profa. Andréia Alda. “Principalmente o inglês. Por meio dessa língua você se comunica com diferentes países, várias nacionalidades, pois é a língua mais falada”. necessário dedicar-se a essa cultura e existem meios divertidos de fazê-lo.

Através do entretenimento também se pode exercitar a memorização, como conta a professora. “Os filmes e as séries sempre ajudam porque elas fazem o aluno ficar com o ouvido aguçado para pronúncia das palavras”.

Conforme os estudantes vão escutando as mesmas palavras em inglês e associando com as legendas, acabam desenvolvendo a habilidade de associar a pronúncia com a tradução. A professora ressalta a percepção no desempenho dos alunos. “Muitos alunos conseguem fazer artes de games lendo os comandos que vem na tela do computador sem legenda”.  

O celular, que muitas vezes é visto com vilão, acaba auxiliando neste momento de aprendizado. “Tenho alunos que nunca fizeram cursinho e falam inglês muito bem por conta dessa geração ter nascido com celular na mão’’ e explica, “agora é muito fácil seguir músicas em inglês, procurar letra na internet  e cantar junto”.

A professora ressalta que se os estudantes dedicarem aproximadamente 30 minutos do dia para ouvir uma música acompanhando a letra, ler um texto em inglês ou escrever frases grandes ou pequenas, já é de grande auxílio para se manter no ritmo e de uma forma descontraída. Afinal quem não gosta de uma boa música? Sabendo a letra então, melhor ainda!

Vanessa Soares

Colégio UNITAU